O NATURISMO

O conceito de Naturismo, definido pela International Naturist Federation (INF), define essa prática como sendo "um modo de vida em harmonia com a natureza, caracterizado pela prática da nudez em grupo e que tem por intenção favorecer o auto-respeito, o respeito pelo outro e o cuidado com o meio ambiente".

NORMAS ÉTICAS NATURISMO BRASILEIRO

O presente estatuto tem por objetivo preservar a unidade ética e moral em todas as áreas organizadas de Naturismo no Brasil, filiadas à Federação Brasileira de Naturismo.


Art. 1° - As “Normas Éticas do Naturismo Brasileiro” aplicam-se a todas as pessoas, naturistas ou não, instaladas ou em trânsito nos locais públicos das citadas áreas, considerados como tais todos aqueles em que seja permitido o livre acesso de sócios e visitantes.


Art. 2° - São consideradas condutas éticas, segundo o presente estatuto, e como tal devendo ser praticadas e difundidas pelos associados, filiados direta ou indiretamente à FBRN:
estimular, através da discrição, respeito e amabilidade, a que visitantes ainda não adeptos do Naturismo sintam-se à vontade para iniciar-se nessa prática; prestar auxílio, sempre que possível e se assim for solicitado por outro naturista; r
eceber com simpatia e aceitação qualquer tentativa amigável e respeitosa de aproximação, para travar conhecimento, de quem assim o deseje; respeitar os espaços e/ou privacidade desejados por outros naturistas nas áreas citadas.

 

Art. 3° - São consideradas condutas anti-éticas, e como tal devendo ser evitadas e fiscalizadas pelos associados, as abaixo relacionadas:

Agir de maneira desrespeitosa e/ou agressiva com quem quer que seja, em qualquer situação;
praticar atos de caráter sexual ou obscenos nas áreas públicas; Fotografar, gravar ou filmar qualquer pessoa ou grupo, seja de qual distância for, sem a permissão dos mesmos; Constranger, através de atitudes passivas ou ativas, outros naturistas; Praticar jogos ou outras atividades, nas áreas públicas, que possam interferir na segurança ou tranqüilidade dos demais naturistas; Utilizar instrumentos ou aparelhos sonoros em volume que possa interferir na tranqüilidade alheia; Satisfazer necessidades fisiológicas nas áreas públicas; Deixar lixo de qualquer espécie nas áreas citadas.

 

Art. 4° - As associações estaduais, bem como os clubes e associações locais, podem estabelecer regulamentos e/ou códigos de ética para suas áreas, desde que não firam as disposições das “Normas Éticas do Naturismo Brasileiro”.

 

Art. 5° - O presente estatuto deve ser afixado em murais e/ou placas em todas as áreas de Naturismo filiadas FBRN, devendo ser recomendada a sua leitura à todos os frequentadores do local que desconheçam o seu teor.
 

Art. 6° - Estas "Normas Éticas do Naturismo Brasileiro" entram em vigor a partir desta data.

Balneário Camboriú (SC), 30 de maio de 1988.

© RINCAO - Todos os direitos reservados. Copyright 2018